Controle se emocionalmente perante ao seus filhos!

Tenho lido tanto sobre esse assunto, que até comprei um ebook sobre esse assunto. Na boa, acho que muitas vezes o nosso desgaste do dia a dia é por nossa culpa em não saber lidar com algumas situações.

Depende muito mais de nós pais termos o controle e equilíbrio emocional diante de situações que muitas vezes nos tiram do eixo,  precisamos amadurecer para lidar com birras, manhas e choros incontroláveis.

A chegada de um filho é um momento ímpar na vida de um casal, pois além de ter que lidar com os arranjos e peculiaridades da vida a dois, agora também terão que se organizar para assumir as responsabilidades da escolha que fizeram, conscientemente ou não, de trazer um novo membro para o sistema familiar. É um momento de muita transformação e novas possibilidades de organização.

Antes eu enxergava de forma diferente, de que o “problema” em situações como acima eram dos nossos filhos, são crianças, tem suas fases, hoje vejo todos esses perrengues que muitos de nós passamos como uma forma de se desenvolver mais ainda, resgatando a calma no meio daquela tempestade, ter o controle da voz para dar o alívio necessário a seu filho e não o grito que aumenta o desespero.

Um adulto descontrolado não será capaz de conter uma birra ou ataque, pois para pedir calma, devemos oferecê-la primeiro.

O adulto é você, e o que o seu filho vê de você é o que vai repetir. Se diante de uma situação difícil, você explode, ele também vai explodir. Se pelo contrário, você respira, se aproxima e procura uma solução, o que lhe dá é um lindo presente que vai ser levado de exemplo para toda a vida.

O nosso trabalho não é nem mesmo parar o choro ou a raiva, mas acompanhar, estar junto, amar.

Seja o tipo de pessoa que você gostaria de ter ao seu lado quando você está muito irritado, alguém que respeite e valide o que você está sentindo, não que tente cortá-lo.

Seja alguém empático e amoroso, alguém que tem a segurança de que, em breve, tudo estará melhor.

Eles são crianças, expressam emoções, precisam ainda aprender a lidar com isso, já nós temos anos luz à frente deles e muitas vezes ainda não sabemos lidar e ter o controle das nossas emoções.

Estou lendo e estudando tanto sobre isso gente, espero poder compartilhar muita coisa com vocês afim de tornar e ter uma maternidade mais leve.

Beijos,

Bianca

 

Comentários

Leave a comment