Cuidados após enchentes

Ontem dia 14/03/2017, a cidade de Arujá e região sofreu as consequências de uma forte chuva que atingiu a nossa cidade.

Infelizmente muitas casas e famílias tiveram os danos em seus lares,  a cidade teve vários pontos de alagamento, pessoas não conseguiram chegar em suas casas e  buscar seus filhos na escola.

Em solidariedade a essa população que foi atingida separamos alguns cuidados de higiene pessoal.

As doenças causadas pelo contato com água e lama é um dos muitos transtornos das enchentes.

Em sua passagem pelas áreas urbanas ou rurais, a água das enchentes agrega resíduos e microorganismos de várias origens, podendo contaminar e provocar doenças nas pessoas que com ela tenham contato direto ou indireto.

Deste modo, é importante que durante tais eventos se evite, ao máximo, a exposição à água das enchentes.

Além disso, os resíduos contidos nessas águas, na forma de lama, podem impregnar e também contaminar todos os locais atingidos pelas enchentes, como pisos, paredes, móveis e outros objetos existentes nas residências.

Assim, alguns cuidados devem ser adotados para prevenir doenças durante e depois das enchentes:

1- Evite contato com as águas das enchentes. Caso isto seja inevitável, permaneça o menor tempo possível na água ou na lama. Não deixe que crianças nadem ou brinquem na água e na lama das enchentes, pois, além do perigo das enxurradas, eles podem ficar doentes. Ao retornar para casa após uma enchente, evite pisar diretamente na água ou na lama ou manusear objetos que tenham sido atingidos por ela. Proteja os pés e as mãos com botas e luvas de borracha ou sacos plásticos duplos.
2- Jogue fora medicamentos e alimentos (frutas, legumes, verduras, carnes, grãos, leites e derivados, enlatados etc.) que entraram em contato com as águas da enchente, mesmo que estejam embalados com plásticos ou fechados, pois, ainda assim, podem estar contaminados.
3- Lave bem as mãos antes de preparar alimentos e ao se alimentar.
4- Procure beber sempre água potável, que não tenha tido contato algum com as enchentes, e a utilize no preparo dos alimentos, especialmente das crianças menores de um ano. Para garantir que a água é segura para consumo, ferva-a por ao menos um minuto, ou adicione duas gotas de hipoclorito de sódio com concentração de 2,5% (água sanitária) para cada litro de água.
5- Os frascos de hipoclorito de sódio a 2,5%, próprio para diluir na água de beber e cozinhar, podem ser encontrados em farmácias ou supermercados. Em situações de enchentes mais intensas, geralmente os órgãos de Defesa Civil e Vigilância Sanitária distribuem gratuitamente o produto à população atingida. Na falta dessas opções, utilize água sanitária, tomando o cuidado de adquirir apenas aquelas que tenham registro e não contenham outras misturas, como perfumes.
6- Se sua casa foi atingida pela enchente, após o recuo da água providencie a limpeza e desinfecção dos ambientes, utensílios, móveis e outros objetos, adotando os seguintes providências:
– Usando luvas, botas de borrachas ou outro tipo de proteção para as pernas e braços (como sacos plásticos duplos), descarte para a coleta pública tudo o que não puder ser recuperado e remova – com escova, sabão e água limpa – a lama que restou nos ambientes, utensílios, móveis e outros objetos da casa.
– No caso dos utensílios domésticos (panelas, copos, pratos e objetos lisos e laváveis), lave-os normalmente com água e sabão. Depois, prepare uma solução desinfetante diluindo um copo (200 ml) de água sanitária (hipoclorito de sódio a 2,5%) em quatro copos de água (800 ml). Mergulhe na solução os objetos lavados, deixando-os ali por, pelo menos, uma hora.
– No caso dos pisos, paredes, móveis e outros objetos, após retirar a lama, lave o local com água e sabão e, a seguir, prepare uma solução diluindo um copo (200ml) de água sanitária (hipoclorito de sódio a 2,5%) para um balde de 20 litros de água. Umedeça um pano na solução e passe nas superfícies, deixando-as secar naturalmente.
7- Se você tiver poço em casa e ele foi atingido por enchente é necessário fazer a desinfecção de sua água. Procure orientação na Vigilância Sanitária de seu município ou consulte o Comunicado CVS/EXP 37/2001, disponível no site www.cvs.saude.sp.gov.br.

Fonte: CVS (Centro de Vigilância em Saúde)

Divulgem, compartilhem. É muito importante que essas informações cheguem às famílias atingidas por essas enchentes.

Segue algumas fotos registradas pela população:

IMG_5976 IMG_5977 IMG_5978 IMG_5979 IMG_5980

Espero que rapidamente a cidade seja limpa e os lares atingidos recuperados.

Beijos,

Bianca Trindade Bresciani

Comentários

Comentários