‘II Seminário Criança e Natureza’ aborda o ‘Desemparedar a Infância’ dia 20 de junho, no Rio de Janeiro

Um ano após o lançamento do programa Criança e Natureza, que sistematizou a discussão sobre a importância da convivência da criança com a natureza, o encontro agora apresenta novos temas para reflexão.

Por que as crianças passam a maior parte do tempo em lugares fechados, se elas têm verdadeira paixão pela natureza?

Esse é o mote do ‘II Seminário Criança e Natureza’, do Alana, que acontece dia 20 de junho, no Rio de Janeiro, em parceria com o Parque Nacional da Tijuca.

O evento reunirá especialistas para dialogar sobre experiências que apontam caminhos sobre como as escolas, as cidades e os espaços públicos podem favorecer o encontro das crianças com a natureza por meio da reorganização dos tempos, da transposição dos muros e da lapidação do olhar adulto, processo nomeado de ‘desemparedamento’.
O encontro aborda também a importância de incentivar, especialmente as crianças, a se apropriarem e ocuparem áreas além dos muros – como jardins, praças, parques, entre outros lugares abertos – transformando esses locais em espaços onde as relações, explorações e descobertas podem acontecer.

“É essencial permitir às crianças que se relacionem com os elementos do mundo natural para que desenvolvam plenamente seu potencial. A natureza é o lugar primordial da infância, então, acredito que esse encontro mostrará que as mudanças necessárias estão mais próximas do que imaginamos”, diz Laís Fleury, coordenadora do Criança e Natureza.

Já estão confirmadas a participação no Seminário do pediatra José Martins; Paulo Russo, Coordenador Geral de Gestão Socioambiental do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e Renata Meirelles, educadora e coordenadora do programa Território do Brincar.

Serão apresentados também casos bem sucedidos nas áreas de educação, saúde, cidades e meio ambiente, contados a partir de experiências alinhadas com os programas Prioridade Absoluta, Escolas Transformadoras e Educação e Cultura da Infância, do Alana.

A programação contempla ainda vivências na natureza e oficinas com uso de elementos naturais.

No link a seguir temos alguns vídeos da ‘Série Inspirações’ que apresentam alguns dos temas do Seminário e informações sobre a inscrição.

Criança e Natureza

Afeto-de-Mãe-Criança-e-Natureza-capa

Serviço:

“II Seminário Criança e Natureza”

Data: 20 de junho de 2017 (3ª-feira)

Local: Centro de Visitantes Paineiras – PN Tijuca no Rio de Janeiro

Parceria Institucional: Parque Nacional da Tijuca


Sobre o Alana

Alana é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que aposta em programas que buscam a garantia de condições para a vivência plena da infância. Criado em 1994, o Alana é mantido pelos rendimentos de um fundo patrimonial desde 2013. Tem como missão “honrar a criança”. 

Postado por Carla Ikeda Biscaldi Clobucar

                      Afeto de Mãe