Os filhos que são gerados no Carnaval

Diante dessa imagem que está circulando na internet do leite com preço de R$ 50 reais e a camisinha com o preço de R$ 1,65, refleti um pouco da imagem e vou contar vocês o que acho.

Eu acho que elas são antagonistas ou seja “você quer isso, ou seja uma camisinha que é mais barata ou os custos de ter um filho?”.

Eu interpretei isso, a imagem pode realmente conscientizar a galera que está aí na rua em busca de curtição, bagunça, sexo, bebedeira…enfim é Carnaval!

Ok, se vocês que estão ai, estão se prevenindo acho ótimo mas se não eu como mãe venho dizer algumas  coisas, reflita.

Não coloquem filho no mundo para depois ele simplesmente ser daquele “caso” que você teve no carnaval.

O filho não vai nascer do carnaval mas sim da atitude que você tomou e aliás posso dizer que ser mãe e pai de forma pensada é bem melhor e mais prazeroso do que ter um filho abandonado depois do romance de carnaval.

Os filhos do Carnaval não devem arcar com consequências,  como família desestruturada e sem amor.

Crianças são frágeis e custa caro, precisam de amor e dedicação diária.

Então por fim termino, use camisinha, se previna, caso ainda não ache a hora de ganhar o presente mais lindo do mundo.

Boa diversão! Bom Carnaval!

Beijos,

Bianca Trindade Bresciani

Comentários

Comentários