Paternidade ativa com Adriano Bisker, um pai de cinco!

Hoje estreia aqui no blog com a participação desse “super pai”, pai de cinco como é conhecido em suas redes sociais. Contando para a gente sobre a sua parternidade ativa e com dicas valiosas de como você pode ser  um pai presente. Será que você é?

O dia dos pais vem ai!

E cada vez mais esta data tem mudando de significado. Vemos uma gradativa e muito bem vinda mudança nos paradigmas do que é a figura paterna. De uma presença com pouco envolvimento e nenhum apoio na divisão das atividades, notamos uma nova geração de pais que trouxeram uma grande mudança de comportamento.

Foi quando a idéia da paternidade ativa passou a ser pulverizando, onde cada vez mais pais de todos os cantos expressam seu desejo de ser participativo, não demonstram vergonha em mostrar que sim, trocam fralda, dão banho, põe comida na boca, educa, dá bronca… E brinca!

Como assim? Não deveria ser assim?

Pois é!  Mas ainda não é! Diversos fatores contribuem para este distanciamento: O próprio medo do pai, a insegurança e culpa da mãe, que teima em manter o controle da situação, não dando a liberdade (para errar também, afinal somos humanos!) o machismo, a falta da maturidade..

Então, por isso esta mudança que vem ocorrendo é muito positiva. Diversos pais entendendo que o seu papel é fundamental dentro de uma criação de um lar.

Olha, não me sinto “o orgulhoso” ou tenho o sentimento de ser “o diferente” por arregaçar as mangas e fazer parte disso, e sim que é um caminho escolhido por mim e fico muito bem com isso!  Demorei para achar o meu lugar, primeiro surgiu por uma necessidade de ajudar (a maioria começa assim) mas rapidamente mudou para algo que faço com o mais puro prazer.
Ou seja, temos que respeitar os pais que pela sua educação mantém os mesmos paradigmas da geração anterior, este distanciamento, mas garanto: Eles não sabem o que estão perdendo!!

Mas como mudar isso?

Mãe: Em primeiro lugar! Converse! E muito! Deixe ele entrar neste mundo desde o começo. Incentive! Vá fazer as suas coisas e fique tranqüila que está em boas mãos (não, não fique ligando em 5 em 5 minutos para ver se está tudo bem!) Confie nele!!

E você pai, que tem este desejo, o que fazer? Converse! E muito! Mostre seus medos, seus anseios. Arregace as mangas, seja por vontade ou necessidade. Mas faça! Vá dar um banho, trocar a fralda (é eu sei, é fedido, mas o seu também é!)  Fique sozinho com seu (sua) filho. Dividia a responsabilidades e tarefas! Você irá amar, garanto!

Mas o principal, faça isso por que você quer! Quer abraçar beijar, deitar e rolar, dar risadas bobas, mostrar seus valores, educar (sempre em sincronia com a mãe, por favor!) ?

Tem que partir de vocês!

Falo e repito: Será a melhor experiência da sua vida!

Agora preciso parar este texto que as minhas filhas estão gritando do berço que querem ir fazer número 1 e 2 (duvido, só querem enrolar mais um pouco para dormir!) e como estou sozinho em casa e elas no desfraldes, alguém tem que ir lá!

Sou o Adriano Bisker, tenho um blog e redes sociais com o nome PAI DE CINCO.

Tem dúvidas sobre como exercer a paternidade? Me chama, vamos bater um papo, falo de novo, será a melhor coisa da sua vida!

Ah! Parabéns pelo dia dos pais, que esta data se torne diária para todos!

Minhas redes sociais:

Site: www.paidecinco.com.br

Instagram: https://instagram.com/paidecinco/

Facebook: https://www.facebook.com/paidecinco?fref=ts

Linkedin www.linkedin.com/in/pai-de-cinco