Por que é importante se vacinar contra a gripe?

O objetivo da vacinação é reduzir a circulação do vírus e, consequentemente, o número de hospitalizações e risco de morte devido à gripe, já que o Influenza está relacionado a uma série de complicações como pneumonia e doenças cardíacas, por exemplo.

Segundo o Ministério da Saúde, já é possível notar um índice de redução de episódios da doença este ano, se comparado ao ano anterior, quando houve predominância da circulação do vírus da gripe A (H1N1). Foram registrados em 2016, cerca de 12 mil casos, com 2.200 mortes em decorrência da gripe.

Por aí já notamos que vale a pena vacinar!

A vacina é muito segura. Normalmente, é contraindicada apenas para quem tem alergia ao ovo. Portanto, se você ainda não se vacinou, não deixe de procurar um local para se proteger contra os vírus da gripe.

Até 27 de abril, pelo menos 535 pessoas foram hospitalizadas este ano no Brasil por síndrome respiratória aguda grave causada por influenza e 99 morreram em decorrência do quadro.

De acordo com o Ministério da Saúde, do total de óbitos, 90% ocorreram em pessoas que já apresentavam fatores de risco para a gripe, como idosos, pacientes com doença crônica, crianças, gestantes, indígenas e puérperas.

O novo boletim epidemiológico revela que o vírus H1N1 é predominante no país, até o momento, e responsável pela maior parte das mortes por influenza – sozinho, ele responde por 254 casos e 89 óbitos. Foram identificados ainda 54 casos de influenza A (H3N2); 38 de influenza A não subtipado; e 62 casos de influenza B. Outros 127 casos, segundo a pasta, ainda não tiveram o subtipo identificado.

O novo boletim epidemiológico revela que o vírus H1N1 é predominante no país, até o momento, e responsável pela maior parte das mortes por influenza – sozinho, ele responde por 254 casos e 89 óbitos. Foram identificados ainda 54 casos de influenza A (H3N2); 38 de influenza A não subtipado; e 62 casos de influenza B. Outros 127 casos, segundo a pasta, ainda não tiveram o subtipo identificado.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza começou no dia 10 de abril e segue até 31 de maio em todo o país. Devem receber a dose trabalhadores da saúde; indígenas; idosos; professores; pessoas com doenças crônicas e outras categorias de risco clínico; população privada de liberdade, incluindo jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; funcionários do sistema prisional; e profissionais das forças de segurança e salvamento.

Hoje foi a nossa vez. Eu, Sandro e Isabella acabamos de nos vacinar. Viram na fotinho que o Papai teve que segurar a Isabella no colo porque ficou com medinho da picada?

Ótimo sábado!

Beijos. Carla Biscaldi

Foto: Acervo pessoal

Fonte: www.h9j.com.br

www.r7.com.br atualizado em 10/05/2019 às 14:04h

 

Comentários

Leave a comment