Que milagre é esse da cebola para tosse?

Já ouvi diversas vezes sobre o “truque” da cebola no quarto para quando as crianças estiverem com tosse, eu testei e aprovei.

Fui buscar como ela age e hoje venho contar a vocês, pois dicas boas temos que repassar e quem sabe ajudar outras mamães.

Antes demais nada, se prepare o quarto amanhecerá com um cheiro de cebola daqueles…rs mas o resultado aqui foi muito bom 🙂

A cebola crua, cortada é um descongestionante natural.

Ela alivia a tosse e a expectoração.

Ela “suga”, “limpa” o ambiente e absorve as bactérias, tudo que tem no ambiente, como se renovasse o ar.

MAS ela só resolve se a tosse for alérgica ou causa de poluição, poeira, tempo seco e etc. Aquela tosse decorrente a alguma infecção, tipo broncopneumonia, ela NÃO resolve e pode ser por isso que na sua casa não teve efeito.

Quanto mais cortar, mais ela vai absorver as impurezas do ambiente. Eu cortei em 4 pedaços, com casca mesmo.

A cebola utilizada no ambiente para “tirar” a tosse, tem que ser desprezada, pois está contaminada com as impurezas do ambiente, bactérias e etc.

Como fazer?

Super fácil: Corte a cebola em 4, coloque em um pratinho, leve para o quarto e coloque perto da criança. Se o quarto for grande, perto da cabeça, o meu quarto que é pequeno, coloque em cima da televisão.

Devido a este último ponto, devemos prestar atenção no que fazemos com a sobra da cebola que usamos para fazer comida. Por exemplo, você usou metade da cebola para fazer o arroz, feijão e etc e enquanto estava cozinhando, ela ficou lá, em cima da sua pia, só servindo de purificadora do ar, ou seja, você está comendo uma cebola cheia de coisas ruins, o que pode causar uma intoxicação alimentar e você nunca desconfiaria da cebola em si.

Por isso, a dica é comprar cebolas pequenas e usá-las inteiras, não deixando sobras expostas no ambiente e caso sobre, coloque em um pote fechado com tampa e armazene na geladeira.

Fica a dica para quem ainda não testou, vale a pena testar, aqui em casa funcionou muito bem.

Beijos,

Bianca

Comentários

Comentários