Socorro, meu bebê engasgou! – Alerta importante

Quando os gêmeos tinham uns 2 meses passei um grande susto quando um deles engasgou com o próprio leite, na época nem se quer tinha lido qualquer reportagem sobre o que fazer nesses casos, então o post de hoje é um alerta importante,  são dicas bem valiosas que podem auxiliar caso isso venha acontecer com seu bebê.

Veja o passo a passo de como salvar um bebê que engasgou com leite materno ou fórmula

Bebês podem engasgar com o leite materno ou com a fórmula. Saber como agir nestes casos é muito importante, por isso te contamos a seguir, como salvar um bebê engasgado com leite materno ou fórmula. Estes cuidados valem para bebês com um ano ou menos:

Primeiro, observe se o bebê está respirando. “Se ele estiver tossindo ou chorando significa que o ar está entrando nos pulmões. Nestes casos deixe o bebê tossir, que com a tosse ele irá eliminar o que está obstruindo a via aérea”, explica a pediatra Tatiana Miranda, coordenadora do Pronto Socorro Infantil do Hospital Leforte.

Caso seu bebê apresente alguns dos sinais abaixo, o caso é mais grave e é preciso agir rapidamente:

  • Pele fica com tom mais roxinho;
  • Bebê fica com dificuldades para respirar;
  • Bebê perde a consciência;
  • Bebê fica incapaz de chorar ou fazer outro som;
  • Tosse fraca e ineficaz;
  • Sons suaves ou agudos enquanto tenta puxar o ar;

Peça para outra pessoa presente ligar para a emergência (192 é o número do SAMU e 193 é o número do Corpo de Bombeiros). Então, faça o seguinte:

Então, com a palma da sua mão dê 5 tapas entre as escapulas do bebê, no meio de suas costas, conforme imagem abaixo. A força que você vai aplicar nestes tapas depende da idade do seu bebê, quanto maior o bebê, mais fortes eles devem ser.

Após isso, se seu bebê começar a chorar com som ou tossir é sinal de que ele não está mais engasgado. Se isso não ocorrer você deve:

Virar o bebê com a barriga para cima, ainda apoiado embaixo do seu braço e em cima da sua coxa. Com dois dedos da outra mão, realize 5 compressões sobre o esterno, osso que divide o peito ao meio, na altura dos mamilos.  Conforme imagem abaixo:

Caso o bebê continue engasgado, continue fazendo estes dois movimentos (os cinco tapas nas costas e as cinco compressões na frente) até que o bebê deixe de ficar engasgado, ou o socorro chegue ou o bebê fique inconsciente.

Caso o bebê fique engasgado e inconsciente:

Quando o bebê está engasgado e inconsciente, sem respirar. Primeiro, coloque-o com a barriga para cima em uma superfície plana, pode ser no chão, observe se ele realmente não está respirando. Então, coloque dois dedos no centro do peito do bebê, logo abaixo da linha dos mamilos. Mantenha a outra mão na testa do bebê, mantendo-a inclinada para trás, conforme imagem abaixo. Então, pressione o peito do bebê. Faça 30 compressões. As compressões devem ser rápidas e o peito do bebê deve voltar completamente, antes que você faça a próxima compressão. Para ajudar, conte rapidamente as 30 compressões.

Então, abra a boca do seu bebê da seguinte forma: com uma mão, continue segurando a testa do bebê para trás e com a outra mão empurre o queixo, abrindo a boca.

Aproxime seu rosto e sinta se o bebê está respirando, observe se o peito se movimenta e se há saída de ar ou não.

Se o bebê não estiver respirando, mantenha a cabeça dele na posição que estava e coloque sua boca sobre o nariz e a boca do bebê, cobrindo-os. Faça respiração boca a boca duas vezes no bebê, cada respiração deve levar cerca de um segundo e fazer o peito do bebê se erguer.

Se após dois minutos fazendo estes dois procedimentos, o bebê ainda não responder e você estiver sozinha, pare, ligue para a emergência (lembrando que o número dos bombeiros é 193 e do SAMU é 192) e então retome a reanimação até que o socorro chegue.

Fonte consultada:

Biblioteca de Saúde do Governo dos Estados Unidos

Leia também na categoria bebê:

http://afetodemae.com.br/guia-de-bolso-como-lidar-com-os-incomodos-dos-primeiros-dentinhos/

http://afetodemae.com.br/como-fazer-o-bebe-mamar-nos-primeiros-dias/

http://afetodemae.com.br/o-nascimento-dos-dentes-de-leite-sintomas-e-cuidados/

http://afetodemae.com.br/mitos-e-verdades-sobre-a-amamentacao/

http://afetodemae.com.br/primeiros-cuidados-com-recem-nascidos/

Comentários

Leave a comment