Seletividade alimentar infantil um grande desafio para os pais
Seletividade alimentar infantil um grande desafio para os pais

O primeiro passo para tratar a seletividade alimentar é ajudar a criança a entrar em contato com as suas emoções afloradas na hora da alimentação. Quando a criança se recusar a comer algum alimento os pais precisam atuar de uma forma que ajude a criança a verbalizar o porquê disso, os pais ou profissionais podem tentar trazer à tona as emoções da criança naquele momento. Mudar a pergunta de “por que você não quer comer?” para “o que sente ao pensar que vai comer” pode ser uma estratégia eficaz.