A criança cuidada por meio da brincadeira é mais feliz
A criança cuidada por meio da brincadeira é mais feliz

As atividades cotidianas relativas aos cuidados com os filhos demandam grande tempo e atenção da nossa parte e, muitas vezes, acabamos tratando isso como se fosse uma “obrigação”. Contudo, é importante que nós pais consigamos perceber que esse tempo de dedicação é uma forma de afeto e que, além de ajudar na construção do elo familiar, pode ser divertido.

Disciplina positiva: chega de castigos!
Disciplina positiva: chega de castigos!

Muito tem se falado sobre a disciplina positiva. Por quantas vezes você parou para pensar e achou que estava fazendo tudo de errado na forma como educar os seus filhos e se sentiu literalmente perdida e sem rumo diante do caos em sua casa pela sequência de castigos? Somos seres humanos, as vezes perdemos sim a linha de frente perante a eles e nos questionamos se estarmos seguindo o caminho correto na formação de uma criança.

Imaginação infantil – dicas para explorar isso!
Imaginação infantil – dicas para explorar isso!

Hoje fiz um post no Instragram de uma foto que registrei do Gustavo que me fez pensar, o que ele estaria pensando naquele momento brincando com as próprias mãos em um momento tão sereno e lindo de se ver.

Ele sempre apresentou esse dom, às vezes com pequenas coisas no dia a dia, cria suas próprias histórias e solta a imaginação ali no seu “mundo”, interpretando ela de forma tão real, então hoje resolvi abordar esse tema aqui no blog que andei pesquisando e resolvi dividir com vocês sobre o quanto é importante a imaginação infantil e dicas de como explorar isso com seu filho.

Brinquedos pedagógicos ou educativos? Qual a diferença entre eles e qual devo comprar?
Brinquedos pedagógicos ou educativos? Qual a diferença entre eles e qual devo comprar?

Saber a diferença entre um brinquedo pedagógico e um educativo é essencial para acertar o brinquedo adequado para cada fase da criança ou do bebê e essa é uma dúvida muito comum e que eu também tive por muito tempo mas quando se é mãe acabamos pesquisando para acertar nas escolhas para os nossos filhos.

Educar os filhos é um ato de amor e limites
Educar os filhos é um ato de amor e limites

Educar não é tarefa fácil, ceder as pressões, “tá bom vai, só dessa vez”, quem nunca disse isso aos filhos? EU! Esse texto da psicóloga Tatiana Berta Otero que eu amo, me ajudou muito a refletir a anos atrás com os gêmeos, quando realmente eu precisava começar a ter uma postura mais firme, o exercício para nós pais é diário e constante, as crianças nos testam o tempo todo, compartilho com vocês o quanto é importante que os nossos filhos tenham frustrações “com amor” desde cedo, afinal isso é um treino necessário para uma vida lá fora, que não é tão colorida assim né?