Educar os filhos é um ato de amor e limites
Educar os filhos é um ato de amor e limites

Educar não é tarefa fácil, ceder as pressões, “tá bom vai, só dessa vez”, quem nunca disse isso aos filhos? EU! Esse texto da psicóloga Tatiana Berta Otero que eu amo, me ajudou muito a refletir a anos atrás com os gêmeos, quando realmente eu precisava começar a ter uma postura mais firme, o exercício para nós pais é diário e constante, as crianças nos testam o tempo todo, compartilho com vocês o quanto é importante que os nossos filhos tenham frustrações “com amor” desde cedo, afinal isso é um treino necessário para uma vida lá fora, que não é tão colorida assim né?

Faça você mesmo: pegadas de coelho
Faça você mesmo: pegadas de coelho

Como estão os preparativos ai para as crianças encontrarem os ovos de Páscoa? O coelhinho vai passar por aí no final deste mês. Além dos deliciosos chocolates que deixam a gente com água na boca, nada mais divertido que ver as crianças procurando os ovos pela casa. A antiga tradição de esconder a cesta com os ovos de Páscoa é sinônimo de muita diversão, ainda mais quando a brincadeira é bem planejada!

Seletividade alimentar infantil um grande desafio para os pais
Seletividade alimentar infantil um grande desafio para os pais

O primeiro passo para tratar a seletividade alimentar é ajudar a criança a entrar em contato com as suas emoções afloradas na hora da alimentação. Quando a criança se recusar a comer algum alimento os pais precisam atuar de uma forma que ajude a criança a verbalizar o porquê disso, os pais ou profissionais podem tentar trazer à tona as emoções da criança naquele momento. Mudar a pergunta de “por que você não quer comer?” para “o que sente ao pensar que vai comer” pode ser uma estratégia eficaz.